Dicas para um bom anúncio!

Elaboramos este guia baseado em nossa experiência comercial no mercado de automóveis antigos, com o objetivo de auxiliá-lo na publicação de um anúncio vendável e transparente


Texto

  • Procure destacar os pontos fortes de seu veículo. Pode ser seu estado de conservação, sua raridade, os opcionais e acessórios que possui, o preço de venda baixo do mercado.
  • Se tiver informações sobre o histórico do veículo, descreva-o também. Os antigomobilistas sempre dão muito valor à procedência e às características especiais do automóvel que vão adquirir. Alguns exemplos: único dono; guardado por muitos anos; original de fábrica e nunca restaurado; possuidor de toda a documentação, manual do proprietário e chave-reserva, baixíssima quilometragem; e assim por diante.
  • Seja absolutamente sincero! Não tente de jeito nenhum mentir ou omitir informações a respeito dos defeitos do veículo. De nada adianta! Quando o cliente for conhecer o veículo pessoalmente, a verdade irá aparecer. Você e ele irão apenas perder tempo e gerar frustração.
  • E se o interessado resolver, de boa-fé, comprar seu veículo sem vê-lo pessoalmente antes (o que ocorre frequentemente) e tiver uma tremenda decepção depois, você terá conseguido, no mínimo, um inimigo.
  • Além disso, há a questão da consciência. E não há dinheiro que pague uma consciência tranquila! Automóvel antigo é mais que um bem. É um sonho e não deve tornar-se um pesadelo!
  • Seja honesto também em relação à documentação. Informe se há licenciamentos vencidos e quantos, se há algum embaraço em relação à transferência, como documentos extraviados, inventários, etc… Ninguém gosta de negociar automóveis “enrolados”.
  • É interessante, sempre que possível, relatar as manutenções recentemente realizadas. A grande maioria dos negócios são fechados com clientes de outras cidades, que podem querer levar o automóvel para casa “rodando” e é sempre bom saber que o veículo está em boas condições para chegar a seu destino sem imprevistos.

Fotos

  • Dizem que ‘uma imagem vale mais que mil palavras’.  E é a mais pura verdade! Por isso, Maxicar não publica anúncios sem fotos. E boas imagens podem fazer a diferença entre vender ou não vender. Mas as fotos devem refletir também a real situação do veículo. Nem desvalorizá-lo, nem supervalorizá-lo!
  • Escolha um local agradável para fotografar seu veículo. Uma bela paisagem — sem outros carros parados ou circulando, sem pessoas passando, sem sujeira, sem muros e paredes pichadas — valoriza o veículo a ser fotografado. Locais históricos ou um belo mar de fundo também causam boa impressão.
  • Nunca fotografe dentro da garagem. Além de ser um local escuro, é apertado. Garagens coletivas, de edifícios, com diversos outros carros estacionados em volta, então… nem pensar.
  • Jamais fotografe o veículo encostado em paredes ou muros. O ideal é que haja pelos menos 3 metros em volta de todo o carro, para que se possa circulá-lo completamente, abrir completamente as portas e conseguir bons ângulos.
  • Fotografe sempre com sol, ou no máximo com dia nublado. Nunca fotografe o veículo molhado ou sujo. Não fotografe com neblina. Não fotografe à noite.
  • Fotografias em jardins gramados e bem tratados dão excelentes resultados. Mas evite fotos sob árvores. Suas copas causam sombras que podem dar a impressão de que o automóvel tem problemas na lataria ou na pintura.
  • Dê uma boa limpeza no veículo: lave e encere a carroceria; passe um “pretinho” nos pneus; aspire os estofados e os carpetes (um bom silicone nas partes emborrachadas cai muito bem!); dê uma boa polida nos cromados. Automóvel sujo causa uma péssima impressão!
  • Retire objetos pessoais de seu interior. Fotos com pessoas dentro ou próximas do veículo, fazendo pose também são impublicáveis!
  • Configure sua câmera para o uso do “flash de preenchimento” sempre ligado, mesmo sob o sol. Como o próprio nome diz, ele irá preencher as áreas mais escuras da imagem, uniformizando a foto e eliminando sombras.
  • Honestidade vale também na hora de fotografar. Não mascare os defeitos de seu automóvel na hora de fotografar, ou digitalmente no computador. O cliente constatará os defeitos, ao vivo, quando for conhecer seu veículo.
  • Procure sempre fazer bons enquadramentos, fotografando o automóvel de diversos ângulos e por inteiro. Mas não permita que o automóvel preencha todo o quadro. Uma bela paisagem em volta valoriza a imagem. Não esqueça de fotografar também o interior, o cofre do motor e o porta-malas. Faça fotos também dos defeitos. O comprador precisa de detalhes para tomar uma decisão, principalmente se morar distante de você. Nossos anúncios Premium permitem até 12 fotos. Então dá para variar bastante

Video

  • Um ótimo recurso em anúncios é a inclusão de vídeo. Nossos anúncios Premium permitem que você publique um vídeo, além das fotos. Faça com o celular um filmezinho curto e objetivo, em uma única tomada. Assim ele não irá precisar de nenhuma edição.
  • Segure o celular com firmeza e vá caminhando em volta do carro com passos suaves, para o vídeo não ficar tremido. À medida que faz isso, você pode abrir uma das portas para filmar o interior também. Depois é só publicar o vídeo no Youtube e acrescentar o link no anúncio.

Seguindo esses nossos conselhos simples, termos certeza que rapidinho seu clássico irá encontrar um novo dono!